Artigo – Nico Assumpção

Nico AssumpçãoNascido em São Paulo em 13 de agosto de 1954, Nico Assumpção é considerado um dos maiores contrabaixistas brasileiros e do mundo. Seu pai era apaixonado pelo contrabaixo acústico e tocava o instrumento amadoramente em casa. Incentivado pelo pai Nico começou a ter aulas de violão aos dez anos de idade. Na adolecência fã de rock, Nico começou a tocar contrabaixo para preencher a vaga na banda de escola. Nunca mais largou o instrumento, dedicando a ele boa parte do seu dia.

Com dezessete anos foi estudar harmonia e composição na Califórnia, de volta ao Brasil estudou com o pianista do Zimbo Trio, Amílson Godoy e começou a ganhar seus primeiros caches como músico, tocando em casas noturnas, vinhetas comerciais e algumas gravações. Mais experiente e sem a menor dúvida de que seguiria a carreira musical, Nico foi mais uma vez aos EUA, desta vez para Nova York, onde logo estaria tocando ao lado de Don Salvador, Fred Hersch, John Hicks e Victor Lewis.

De volta ao Brasil em 1981, Nico lançou o primeiro disco brasileiro de baixo solo, ajudando a tirar o contrabaixo de lá do fundo do palco. Um depois mudou-se para o Rio de Janeiro, tornando-se um dos músicos mais requisitados tanto para gravações (participou de mais de 400 delas) como para acompanhar músicos de renome como: Marcio Montarroyos, Raphael Rabello, Hélio Delmiro, Luis Avellar, Victor Assis Brasi, Toninho Horta, entre outros, além de gravar e acompanhar grandes nomes da MPB como: Milton Nascimento, João Bosco, Edu Lobo, Caetano Veloso e Gilberto Gil, para citar alguns.

Sua carreira internacional não é menos impressionante. Nico Assumpção deve ter dado algumas dezenas de voltas no planeta, acompanhando outros músicos, gravando como convidado especial ou apresentando-se em festivais. Alguns dos grandes nomes do jazz com quem ele tocou são: Kenny Barron, Billy Cobham, Larry Coryell, Eliane Elias, Ronnie Foster, Joe Henderson, Lee Konitz, Michel Legrand, Jack DeJonhnette, Pat Metheny, Airto Moreira, Flora Purim, Sadao Watanabe e Phil Woods.

Nico Assumpção faleceu vítima de câncer em janeiro de 2001.

Fonte: eJazz

[Voltar]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s